Quando fazer a troca de óleo do carro?


Como uma parte fundamental para o bom funcionamento do carro, o óleo lubrificante é responsável por garantir que todas as peças móveis do motor trabalhem de forma contínua e livre, realizando a transmissão de força e impulsionamento para as rodas, que faz com que o veículo ande. Sendo uma parte tão importante, é necessário estar atento ao tempo certo de fazer a troca de óleo do carro.



Vida útil do óleo do motor:


Seja ele semi-sintético, sintético ou de origem mineral, o óleo do motor possui uma vida útil que garante que realize suas funções perfeitamente. Isso porque ele é responsável por reduzir o atrito das partes móveis do motor, tornado-as deslizáveis quando em funcionamento, além de ajudar a manter a temperatura do propulsor e retirar possíveis resíduos que atrapalhem a mobilização de todas as peças.


Sendo assim, quando os resíduos se acumulam no filtro, é necessário que ele e o óleo sejam trocados, uma vez que as impurezas mais pesadas ficam presas no cárter, de onde o óleo é drenado. A substituição periódica tanto do óleo quanto do filtro determina um melhor funcionamento do veículo.


Afinal, quando trocar o óleo do carro:


Cada fabricante tem uma recomendação do período de troca do óleo de acordo com a marca, modelo ou tipo de motor. Mesmo assim, o ideal é fazer a checagem em uma retífica de motores especializada e, em carros mais antigos, que não se sabe quanto foi feita a troca, é necessário fazer a substituição e em seguida checar o nível e o consumo do óleo de acordo com as orientações profissionais. Geralmente, no entanto, os especialistas e motoristas mais cuidadosos recomendam a troca do óleo do carro a cada 5.000km rodados.


A troca de óleo pode ser feita pela quilometragem ou pelo tempo de uso. Caso não atinja a quilometragem, recomendamos que troque o óleo a cada seis meses. No entanto, algumas marcas disponibilizam períodos especiais para cada motor, por isso, é necessário consultar um profissional ou estar atento ao seu tipo de motor.


No geral, o segredo é lembrar que o óleo garante o funcionamento e movimento das peças do motor, por isso, ele precisa estar sempre em dia. Seis meses é uma boa média para fazer uma avaliação ou substituição, mas esteja atento ao seu consumo e uso! Ninguém vai entender seu carro melhor do que você mesmo e um profissional capacitado, por isso, esse contato é tão importante.


Para mais dúvidas, dicas e explicações sobre o universo dos automóveis e autopeças, fique sempre de olho na SADY Retífica de Motores e Auto Peças.




4 visualizações